Camarão que dorme, a onda leva…

08maio15

camarao_leitaoemacao

Em outubro de 2014, em meio ao pessimismo geral após as eleições, um amigo leitor levantou a seguinte questão:

“Olá Leitão! Vamos parar um momento e ser realistas: a macroeconomia brasileira vai de mal a pior, não temos boas perspectivas para o curto prazo, PIB não existe, hoje mesmo saiu o novo índice do IPCA que mostrou novo crescimento, sem falar no aumento do desemprego que já é esperado. Mesmo com a possível troca de governo, será tarefa árdua colocar a nossa economia nos eixos novamente. A maioria dos empresários que conversamos dizem que estão com o pé no freio, ninguém está investindo… E isto já está aparecendo nos números das nossas empresas divulgadas nos balanços…

Que análise você faz encima disso? Você considera que temos empresas com bons pontos de entrada, mesmo com a nossa macroeconomia do jeito que está e com os resultados que estão sendo entregues pelas empresas?

Abraço!

P.”

——————————————–

Oi P.!

Bom dia!

Sim, correto! Ótimo comentário e ótima análise do momento. A análise que faço em cima disso é exatamente a mesma, você está enxergando o momento atual muito bem.

Estamos em um momento crítico.

Ou melhor: momento crítico é redundância dizer… “crise” é uma constante em economia…

**Seu texto seria aplicável também a 2 anos atrás, a 4 anos atrás, a 10 anos atrás, a 20 anos atrás… E será aplicável também daqui a 5 anos, 10 anos…

A qualquer momento da economia podemos fazer um relatório com problemas macroeconômicos ruins e enormes desafios preocupantes. Se for pensar assim então não devemos investir em bolsa nunca; não devemos empreender nunca; devemos ficar quietinhos escondidos e acuados sempre, só na defensiva, só na renda fixa, só nos nossos “seguros” e “confortáveis” empregos, dentro de nossos apartamentos…

A pior forma de lidar com a variável constante chamada “crise” é a inércia. Camarão que dorme, a onda leva. Então, já que a inércia e a defensiva não são as melhores estratégias, o jeito é agir. Ação! Agir significa empreender, se esforçar, buscar bons investimento, ser criativo, ter coragem e determinação, ser proativo…

É possível sim investir com inteligência e segurança mesmo em crise. Repetindo: eu disse que crise é uma constante, então se for esperar um momento de não-crise não se investe é nunca… :-)

Levante a cabeça, sacuda a poeira e faça seu melhor!

Abraço!
Leitão

PS.: 6 meses após essa mensagem o mercado havia dado ótimas oportunidades, com preços baixos, proporcionando em seguida uma alta média de 25%…

Leia também…

Já pensou em comprar sua liberdade?

Como seria sua vida caso tivesse R$ 3,6 milhões?

Ranking com as ações mais Queridinha da turma



3 Responses to “Camarão que dorme, a onda leva…”

  1. 1 Amarildo

    Olá “P”
    O Leitão como sempre já definiu tudo de forma bem clara.

    Reforço dizendo: no mercado a única certeza que temos é que ele irá variar, isso foi dito por um dos grandes investidores de nosso tempo.

  2. Um belo exemplo de que as boas respostas são atemporais.

    Abraço!

  3. 3 Leitão

    Obrigado, Amarildo!

    Valeu, Longe do Limite!

    :-)


Participe! Deixe um comentário...

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s