“Administrar muito dinheiro é bem mais fácil do que administrar pouco.”

14fev14

A alguns meses, respondendo à uma pergunta do amigo leitor Marc que estava com dúvidas sobre como lidar com uma quantia grande da família, fiz o comentário acima. Então o amigo Ivens perguntou:

“Leitão,

Seria possível você explicar o que quis dizer com ‘Administrar muito dinheiro é bem mais fácil do que administrar pouco’? Fiquei curioso, pois como administro pouco dinheiro, não sei qual a sensação de administrar muito.”

————————————

Oi Ivens!
Rsss…

Dinheiro gera dinheiro. Quanto mais se tem, mais se tem.

Tudo fica mais fácil com mais capital: suas decisões ficam mais fáceis (já que se tem mais leques e mais tranquilidade), sua diversificação fica mais fácil (já que se tem bala para atirar à vontade), o controle de risco fica mais fácil (já que se tem muito, as perdas que ocorrem não o abalam), etc…

Em fim, difícil é começar. Depois que a bola de neve está rolando morro abaixo ela só cresce.

Mas isso desde que se saiba administra bem o capital, e o erro está aqui pois muitos não aprendem a lidar com o dinheiro, não aprendem a investir bem (e gastar bem), não aprendem a fazer as coisas certas, pois quando se tem muito dinheiro a ganância e o devaneio podem tomar conta e isso pode o levar para o precipício, se não souber.

A sabedoria tem que vir antes do dinheiro.

Crescimento patrimonial parece muito com a prática de atividades físicas. Todo mundo sabe que é bom para a saúde fazer exercícios, mas vão lá, fazem matrícula na academia ou começam a pedalar, e semanas depois já abandonam o projeto.

Então, não importa se você tem pouco agora. Se conseguir administrar bem o pouco que tem agora, quando é mais difícil, vai tirar de letra depois, quando esse pouco virar muito…

Um abraço!
Leitão

Quer comentar? Alguma dúvida? Deixe uma mensagem…

Leia também…

Como são os Dividendos em carteiras maduras?

Investir em ações diretamente ou investir em fundos?

Os sentimentos das pessoas nas diversas fases da bolsa…



8 Responses to ““Administrar muito dinheiro é bem mais fácil do que administrar pouco.””

  1. Boa tarde Leitão,um prazer está aqui novamente! Sempre acompanhando os seus textos.Realmente é muito mais difícil administrar pouco recurso do que grandes somas.Mas com disciplina e força de vontade,estou no caminho.A cada dia que passa,vejo como valeu a pena começar.Hoje,depois de quase 04 anos na Bovespa,pude ver que estou conseguindo aos poucos gerir os meus recursos,poupando mais e investindo.Graças a Deus e aos amigos aqui no blog.Para continuar nesse caminho,gostaria de aproveitar o post para te perguntar uma coisa:Tendo em vista o meu perfil arrojado de investidor,posso investir todo meu recurso na renda variável,claro,depois de deixar uma parte na renda fixa? E quantas empresas posso ter na carteira como forma de diversificação.?Todo mundo fala que que a diversificação tem que ser também na renda fixa,imóvel, tesouro direto ou mesmo LCI/LCA etc.O que acha? Obrigado pela atenção.

  2. Leitão. Acompanho com interesse suas dicas e conselhos. São muito bons.

    Gostaria de fazer um curso com você para começar a investir com técnica. Como faço?

    Vou dispor de algum capital devido a minha aposentadoria e preciso me inteirar deste conhecimento para não cometer burradas ao investir.

  3. 3 Neal

    Gostei da pergunta do CORNELIUS OKWUDILI EZEOKEKE. O que pode ser entendido por diversificação? 12, 15, 19, 20 empresas?

    Serei sincero, minha carteira é composta por 15 empresas e pretendo adicionais mais 2, todas com o mesmo percentual de peso (sem estrelas individuais). Se destaca o setor de energia e o bancário com 3 vezes o peso dos outros setores (porque nos outros setores tem apenas 1 empresa de cada e nesses tem 3).

    Sei que o mais importante é a qualidade e não a quantidade de papéis, porém pergunto ao Leitão e a todos que frequentam o site: isso pode ser considerado diversificação? Qual a opinião de vocês a respeito?

    Obrigado.

    OBS: Não estou considerando diversificação em renda fixa, FII, imóveis, etc. Apenas a carteira de ações.

  4. 4 Leitão

    Oi Cornelius! Oi Neal!

    É sempre bom ter investimentos variados. Quando se tem mais capital, fica mais fácil diversificar entre Renda Fixa, Imóveis e Ações e até mesmo negócios ou empreendimentos próprios…

    Não há regra. Uma alocação padrão seria 50% renda fixa e 50% ações. Se possível alguma parte em imóveis. Essa de 50/50 é bem tranquila e confortável.

    Dos 50% de renda fixa pode-se ter um pouco em Poupança mesmo (dinheiro mais rápido e à mão) e outra parte em Tesouro Direto que é bom ou mesmo outras modalidades…

    Dos 50% de ações aí sim, devemos buscar variar os setores, sempre buscar as melhores em cada setor, e é bem saudável manter umas 20 ou até mais empresas… Dessa forma cada empresa não passará de 5% da carteira, minimizando os riscos e deixando nosso sono à noite muito bom.

    Vez ou outra podemos ter mais de uma empresa do mesmo setor, pois alguns setores, como o elétrico, por exemplo, possuem boas opções. Não é pecado nesses casos, mas sempre procurar variar…

    Já quando o capital é menor, quando estamos no início de nossa carreira de investidor, é normal ser mais agressivo e colocar mais em ações (Justamente porque temos pouca munição, não podemos atirar para todos os lados). Então não é pecado ter, digamos, uns 75% em ações e só uns 25% em Renda Fixa (uma reserva mínima para necessidades ou uso estratégico)… Mas novamente, não há regras, cada um vai definir o que é confortável para si….

    A principal regra é: Investir tem que ser prazeroso e tem que deixar dormir tranquilo à noite, mesmo que o presidente do Brasil for o Tiririca (porque uma hora isso pode ocorrer).

    ———————————
    Oi Antonio!
    Obrigado! Que bom que está animado a vir para a turma!

    No link abaixo tem as informações iniciais e um breve cadastro:

    http://leitaoemacao.com/curso

    *Depois que me enviar o formulário lhe passo mais informações em seu e-mail… E qualquer dúvida pode me falar através do meu email direto: leitao@leitaoemacao.com

    ——————-
    Abraços!
    Leitão

  5. Fala Leitão,

    Hoje tenho um valor, de 55% do necessário para comprar o apartamento que quero!!

    Dinheiro esse doado por meu pai, pois vivo de aluguel com esposa e filho e dinheiro tem dado a conta certa, sem muita folga, ainda estou trabalhando para me equilibrar nesses sentido e garantir uma parte para investimento!!

    Minha perguntas são:

    Eh melhor dar este valor de entrada e financiar o resto, ou tentar investir, continuar no aluguel e tentar comprar o apartamento a vista com o resultado do investimento?? (Acho que não eh uma boa opção, mas custa nada perguntar para pessoas mais experientes…hehehe).

    Outra pergunta, caso eu opte pelo financiamento, invisto tudo para quitar o financiamento o mais rápido possível, ou o que eu conseguir guarda mensalmente eu já começo meus investimentos pensando na aposentadoria??

    Sei que são perguntas um tanto quanto pessoais, mais gostaria de ouvir sua opinião!!!

    Abraço!!!

  6. 6 Leitão

    Oi Vinicius!

    Sei como é… É uma fase importante e precisa ser bem pensada.

    Seu pai é camarada! Já deu um bom empurrão! Pode agradecê-lo mesmo! :-)

    Bem, são questões em que precisa ponderar e analisar com calma. Fico limitado com apenas uma mensagem, mas quem sabe algo possa ajudar né…

    Olha, atualmente os imóveis estão caros. Fato. Mas infelizmente não tem jeito, imóvel para moradia própria é um bem vital na vida. Mas felizmente os juros de financiamentos estão razoáveis e relativamente fáceis. Dessa forma é bom da uma boa entrada agora (o máximo que puder sem lhe apertar) e o restante financiar a perder de vista. Isso porque é bobagem financiar para curto prazo… vai pagar caro de qualquer jeito, então o melhor é financiar o mais leve possível, prestação mansinha, a perder de vista… Ao longo dos anos o valor do investimento vai compensar o preço pago no financiamento… E o mais importante: prestação levinha deixa você com folga para bancar o dia-a-dia e se possível SOBRAR para fazer investimentos. Tente guardar pelo menos 10% para investimento.

    Bem, essa é minha opinião sincera e prática. Não é base, mas espero que ajude em algo.

    Um abraço e sucesso!
    Leitão

  7. 7 fii+acoes+TD

    Ola Leitao,
    O que vc achou do resultado do BBAS3?
    Queda no lucro e no ROE!!! Governo em acao!! abs

  8. 8 Leitão

    Oi FII!

    No Chat da semana passada o BB foi bastante discutido, veja a sequencia de mensagens a começar por essa aqui:

    https://leitaoemacao.wordpress.com/2014/02/10/chat-10-a-16fev/#comment-22306

    Um abraço!
    Leitão


Participe! Deixe um comentário...

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s