Os sentimentos das pessoas nas diversas fases da bolsa…

03jul13

Veja outros posts sobre esse tema...
– “Ai!! A bolsa caiu!!!”

Juninho é iniciante na bolsa. Rapaz jovem e ávido por aprender a investir.

Juvenal já está na bolsa a uns 02 anos, mas começou errado, investiu em fundos, comprou por dicas de corretores e agora está inseguro…

Já Luiz é um investidor consciente. Errou no começo mas depois estudou e entendeu os bons conceitos.

—————–
Juninho e Juvenal pensam assim…

Nas fases de alta:

– “Está todo mundo comentando sobre bolsa! Nos jornais, nas revistas, no barzinho! Vou investir em bolsa!”

– “Estou perdendo a festa, tenho que entrar na bolsa logo! Vou comprar e ver no que dá! Tá bom demais! Todo mundo se dando bem! Não posso ficar de fora!”

– “As ações que comprei estão demais!! Cai um pouco mas logo sobe! Tenho que colocar mais dinheiro nisso!”

Na fase lateral:

– “A bolsa tá um marasmo. Estou em dúvida se continuo investindo. Tudo parece muito incerto.”

– “Estou desmotivado, nada acontece, vou rever, desfazer de algumas ações e só comprar novamente quando começar a subir.”

– “Só se fala em crise, dúvidas, instabilidade econômica, incertezas… A coisa não anda! Meu corretor disse que as ações X logo vão bombar!”

 Nas fases de baixa:

– “Que arrependimento! Estou perdendo dinheiro demais! Só cai! Sobe um pouco mas logo cai! Tenho que tirar meu dinheiro da bolsa.”

– “Ninguém mais quer saber de bolsa. As notícias que saem são para ter cautela, evitar renda variável. Países em crises, etc.”

– “Estou perdido, com medo, não sei o que fazer! Meu corretor só me dá dica furada!”


—————
Já o Luiz pensa assim…

Nas fases de alta:

– “Que bom, as ações estão se valorizando. Minha carteira vai engordar, mas pena que vai ficar tudo caro para comprar mais.”

Na fase lateral:

– “Que bom, dá para fazer boa acumulação enquanto ficar assim.”

Nas fases de baixa:

– “Que bom, as ações estão ficando baratas! Bom para continuar comprando!”

Veja o comportamento dos iniciantes em cada fase da bolsa. A euforia nas altas, a incredulidade nos movimentos laterais, o desespero nas baixas.

Enquanto isso, o investidor de verdade fica sempre sereno, seguro e agindo com tranquilidade em todas as fases. Seja instabilidade interna, seja crise de infraestrutura, movimentos sociais, alta do dólar, crise internacional… Nada disso o abala.

Em qual time você está? Se está com esses sentimentos errados, reflita e comece a buscar o caminho certo.

Investir bem e de forma tranquila é bom para o bolso, para a saúde e para a família.

Um abraço e bons investimentos!
Eduardo Leitão
——————————————
*Quer comentar? Alguma dúvida? Deixe uma mensagem…

Leia também…

Investimento é como dente da frente…

Não há fantasmas na bolsa de valores!

Não baseie seu olhar apenas no índice IBOV!

Copyleft - Compartilhe! É livre! Envie para seus amigos...https://leitaoemacao.wordpress.com/2013/07/03/os-sentimentos-das-pessoas-nas-diversas-fases-da-bolsa/



19 Responses to “Os sentimentos das pessoas nas diversas fases da bolsa…”

  1. 1 fstiburcio

    No momento atual meu sentimento é o seguinte: “que pena não ter mais dinheiro para aumentar minhas compras mês a mês enquanto a bolsa tá dando sopa !!! “E por falar em baixa, não sei por que diabos a bolsa está caindo tanto e nem quero saber…Abraço.

  2. 2 Pedro

    Boa tarde Leitão!

    Vejo que você sempre fala em diluir alguma renda extra que tenha entrado durante um certo período de tempo, por exemplo, 12 meses, na compra de ações. No caso de uma grande baixa como no ápice da crise de 2008 você não recomendaria aplicar essa renda extra de forma mais rápida?

    Abraços,

    Pedro.

  3. 3 Odanir Silveira

    Leitão,

    É simples não – comprar na baixa e vender (se vender) na alta.
    O problema é que:
    Na baixa: trilhões de notícias ruins, como que forçando você a sair correndo. Parece que o capitalismo vai acabar amanhã mesmo.
    Na alta: euforia total, todos comprando, parece que não vai parar de subir mais.

    Para evitar isso eu tenho feito o seguinte:
    Quando a bolsa cai muito eu tento olhar o movimento dos preços o mínimo possível, de preferência olho no fim do pregão (quando não dá mais tempo de fazer alguma bobagem). Ai gasto a maior parte do tempo vendo o fundamento das empresas e tentando ver se alguma delas que geralmente está cara já está entrando em um preço bom para compra (como está acontecendo com GRND3).

    Quanto a alocação de dinheiro mensal faço conforme aprendi no curso, mesmo valor todo mês. Só que eu fiz uma pequena variação, quando está de lado por muito tempo e cai abaixo do suporte (ibov ou idiv) como aconteceu recentemente, eu aumento o aporte mensal. Desta forma sou forçado a comprar mais quando cai muito e diminuir quando volta ao normal.

    Abraço

  4. 4 Leitão

    Oi fstiburcio!
    É isso aí! :-)

    ———————————
    Oi Pedro!
    Em fases de baixa pode-se ter uma alocação mais forte, desde que gradual também, sem ferir os princípios do Investimento Gradual.

    O que não pode é agir por impulso e sair comprando muito e de forma rápida, sem rodízio e sem diluição no tempo, pensando em “aproveitar uma queda”….

    Quem segue uma disciplina de compras regular e equilibrada já vai aproveitar a fase de baixa naturalmente, com serenidade, sem correria…

    Muitas vezes, na ânsia de tentar “pegar a baixa”, a pessoa pode se comprometer demais e depois ficar insegura…

    ——————————-
    Oi Odanir!
    É isso aí! Parabéns!

    Não tem alegria maior para um professor do que receber feedbacks tão bons assim, saber que meus alunos estão caminhando bem e seguros, em qualquer fase da bolsa e principalmente agindo com sobriedade e segurança nas fases de baixa, em que toda a manada fica insegura e fazendo besteiras…

    Valeu!

    ———————-
    Abraços, pessoal!
    Leitão

  5. 5 Daniel

    Leitão,

    Não sou de seguir noticias mas olha só essa agora:

    http://www.arenadopavini.com.br/artigos/fundos-na-arena/tributacao-sobre-dividendos-pode-afetar-fundos-e-investimento-em-acoes-diz-abrasca

    Depois do Collor-poupança,
    Lá vem mais um plano Collor-ações?

    abraço!
    Daniel!

  6. 6 Paulo

    Nota 1000000000, como sempre aos inteligentes artigos do Professor Leitão.
    Abraços

  7. 7 Leitão

    Oi Daniel!
    Vixe! Realmente mais uma mordida do governo, caso isso vá adiante. É ruim mesmo, mas… 1) Isso ainda não foi aprovado; 2) Se for tributar, que tributem, não será um percentual a menos que vai mudar tudo; 3) Sobre especulações futuras, aí é só mais medo e boataria mesmo…

    ——————-
    Oi Paulo!
    Obrigado! Valeu! :-)

    —————
    Abraços, pessoal!
    Leitão

  8. 8 Bear Market

    Leitão,

    Seria loucura pegar empréstimo à 13% a.a. para aproveitar o momento de baixa?

  9. 9 Daniel

    Baer Market

    13% ao ano? Que banco é esse? O BNDS?

  10. 10 Daniel

    Corrigindo: BNDES

  11. 11 Bear Market

    Daniel: Fundação Petrobras de Seguridade Social

  12. 12 Li

    A não ser que seja empresa, não vejo muita lógica em se endividar para acumular capital, pois como estamos falando em RV não há garantia de que seus investimentos hoje renderão igual ou mais que 13% aa durante o período que vc terá de pagar o empréstimo.

    Sugestão: simule o empréstimo e o valor que pagaria ao empréstimo pague a si mesmo. Vc fará um giro nos seus ativos, aproveitará baixas e altas e não corre o risco de alocar todo o $ hoje e descobrir amanhã que caiu mais ainda. (aconteceu comigo ontem e as ações da Sabesp).

  13. Bear Market,

    Loucura total. E pelo visto vc não entende muito do assunto, sugiro estudar mais….

    Vc não precisa pegar empréstimos; é só operar termos/futuros, que só tem chamada de margem e dá o mesmo efeito de um empréstimo (alavancagem), mas que sai pela taxa selic, ou seja, o equivalente hoje a 8%aa.

    []s!

  14. 14 Leitão

    Oi Bear Market!

    Sim, como os amigos comentaram, é loucura. Não se deve operar alavancado, seja com empréstimos ou com derivativos.

    Não caia nessa tentação. A ganância é uma das maiores causas de decepções na bolsa.

    Bolsa é lugar de construção de patrimônio. Não de oportunismos…

    Um abraço!
    Leitão

  15. 15 Bear Market

    Colegas,

    Tenho investido em IG fazem 2 anos.

    O empréstimo seria pago em prestações menores que meu aporte mensal, liquidando-o em cerca de um ano. Não chega ser uma alavancagem…

  16. 16 Anônimo

    eu sou uma mistura dos 2 primeiros… preciso ter um pouco do 3o… ou melhor, o essencial!

  17. 17 Li

    Bear Market, mas durante o período que tiver de pagar o empréstimo vc não aportará?
    Se houver possibilidade adicione este valor, das parcelas, ao seu aporte, acho que é mais negócio do que pegar um montante e investi-lo de uma única vez.
    Apenas opinião pessoal.

  18. 18 Sam

    Concordo com a Li. Sem falar que enquanto vc estiver pagando o empréstimo vão acabar aparecendo outras “oportunidades” e vc não vai ter capital para “aproveitar”, correndo o risco de deixar o lado emocional tomar a dianteira e prejudicar todo o processo. Posso até imaginar daqui uns meses vc se perguntando “Por que eu não deixei tudo como estava?” Não tô torcendo contra, apenas fazendo um comentário racional e de quem já passou pela experiência. Não vale a pena.

  19. Bear Market,

    vc não entendeu ainda, cara.

    Utilizar dinheiro de terceiros = alavancar.

    Se vc REALMENTE quiser fazer isso (não aconselho…), opere no Termo.

    Pegar empréstimo é total desinformação do sistema, sacou??? Vc pagará juros a mais à toa, pois a própria corretora ti “empresta” por praticamente o CDI. Como eu mencionei antes, estude mais…

    []s!


Participe! Deixe um comentário...

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s