O que faz as pessoas enriquecerem não é o excesso de trabalho, é a EDUCAÇÃO

08nov11

Hoje o amigo leitor, Edu, postou um comentário sobre uma notícia que saiu na mídia (obrigado, Edu!):

O título do artigo: “Participação de pessoa física em Bolsa é a pior desde 2001” e a conclusão do artigo era: “A explicação para esse fenômeno é pura e simplesmente que esse tipo de aplicador cansou de perder.”

——————————-

Oi Edu!

Interessante essa informação, e nada mais normal. É justamente assim que acontece: Em períodos de bolsa em baixa as pessoas comuns saem da bolsa, e em períodos de alta eles voltam. Justamente o contrário do que se deve fazer.

E o pior é que a “mídia” de massa não ajuda em nada na educação das pessoas para a bolsa com notícias assim…

Dizer que “cansaram de perder” é alimentar ainda mais o medo e a insegurança, e manter a grande massa na mesma ignorância sobre o assunto.

É justamente em períodos de baixa que as pessoas comuns deveriam investir, e justamente em períodos de alta que deveriam manter-se mais prudentes. A massa faz sempre o contrário.

A frase: “Devemos comprar barato e vender caro” é muito simples e óbvia. Se eu disser que estou falando de carros usados todo mundo vai entender. Mas se eu disser que estamos falando de bolsa, aí ninguém faz o certo.

O que faz as pessoas enriqueceram não é excesso de trabalho, ou tacadas espertas, ou oportunismo, ou dinheiro aos montes. O que faz as pessoas enriquecerem é EDUCAÇÃO. Educação financeira, educação para a bolsa.

Tenho tentado ajudar os amigos a anos aqui no Blog, e aos poucos vamos dando nossa contribuição…

Um abraço!
Leitão

Leia também…

> Quando o assunto é bolsa de valores…

> Caverna do Dragão

> Renda Fixa é investimento de alto risco!!



25 Responses to “O que faz as pessoas enriquecerem não é o excesso de trabalho, é a EDUCAÇÃO”

  1. 1 Antonio Alves

    Pois é Leitão,
    Enquanto o pessoal cansa de perder e realiza prejuízos a gente não cansa de acumular mais ações (patrimônio) e ganha dividendos (renda) enquanto espera a euforia voltar e começar a realizar lucros. Comprar na baixa e vender na alta quase ninguém tem paciência, preparo e disciplina para isso, infelizmente, falta educação mesmo, mas de qualidade como é feita por aqui.
    Um abraço,
    Antonio Alves.
    PS: mas confesso que no momento está tudo meio parado, não vale muito a pena comprar ou vender algo no momento (esperar o mercado dar as suas loucuras como a dias atrás). Claro que tem algumas empresas que sempre valem a pena comprar visando o longo prazo e estão relativamente baratas ainda, tipo Cemig ou BB.

  2. 2 Leitão

    Oi Antonio!
    Pois é, funciona deste jeito mesmo…

    Um abraço!
    Leitão

  3. 3 Eduardo

    Caro Leitão, o problema é que pra bolsa cair, o mundo já está acabando, segundo as notícias. E isso assusta, EXCETO, se souber como o sistema funciona, coisa que aprendi no seu curso, e não vejo em nenhum outro lugar acessível. Deve ter livros que ensinam o que aprendi, mas como já aprendi, não procuro mais. Mas a chave é esta.
    Mas francamente, ainda assim, temos que deixar o MEDO de lado, pois TUDO leva naturalmente a essa medo de tudo derreter. É 99% de psicologia e 1% de realidade!
    Vou confessar, às vezes dou uma olhada em fóruns só pra matar a saudade dos velhos tempos de sofrimento – devo ter algum problema, masoquismo, talvez – e vejo cada uma. Tempos atrás, estavam dizendo que o capitalismo ia acabar, pois o processo estava se provando ineficiente. Imagina quem tem o $ investido na bolsa e vê isso, em meio a uma avalanche de notícias metendo medo de todo lado, e o dinheiro sumindo! É o inferno na terra! Aí o cara (eu fiz isso quando estava aprendendo) vende mesmo!!
    Mas acho que discordo do colega Antonio quanto à CEMIG. Opiniao pessoal, é boa, mas estava (ava) barata.
    Outra coisa que assusta são os micos, é o escorpiao na mão! Dão lucro “fácil”, mas o dia que dá prejuizo, leva tudo e mais um pouco e não volta mais!
    Abraço,
    seu Xará
    PS: tem previsao do curso sobre investimento em valor?

  4. 4 Leitão

    Oi Eduardo! (xará!)

    O que mais me dá satisfação e motivação em continuar é ver depoimentos como o seu. Obrigado! Fico feliz em ver meus ex-alunos vacinados contra as más notícias, e seguros para seguir bons caminhos!

    O tempo é amigo de quem é amigo dele, e os frutos vem!

    Obrigado mais uma vez!
    Leitão

    PS.: O novo curso de Investimento em Valor está praticamente pronto, mas agora é um período ruim para lançá-lo, pois muitas pessoas saem de férias (inclusive eu…rss). – Mas vai sair em boa hora sim, e a turma vai gostar, tenho certeza!

  5. 5 Anônimo

    Leitão,
    pelo seu comentário, o curso de análise de valor vai sair somente no início de 2012, após as férias?
    Abraços,
    Luís Carlos

  6. 6 Leitão

    Oi Luís!
    Pois é, nesse período agora é ruim para os estudos, muita gente sai de férias, e eu também quero fazer uma viagem… Penso que no início de 2012 fica melhor…

    De qualquer forma está praticamente pronto, e tenho certeza que quando sair a turma vai gostar! Quero lançar em um bom momento para atender a todos os amigos…

    Um abraço!
    Leitão

  7. 7 Anônimo

    Leitão,
    aguardo pelo seu curso desde o início do ano. Tenho uma boa reserva que gostaria de investir gradualmente, mas com mais conhecimento do assunto. Até deixei de fazer um curso sobre Valuation na Apimec por imaginar que o seu seria melhor.
    Bom, pensei em alternativas de investir nas ações do seu cardápio, mas vejo que, na minha opinião, há ações no cardápio que não são boas para investimento, já que varios de seus indicadores estão em declínio a exemplo de Natura e Usiminas. Seu cardápio é uma “salada” de ações para especulação e investimento? Quais delas você recomendaria para IG? Você poderia antecipar alguns indicadores para que eu possa ter mais embasamento nas minhas decisões? Veja, não quero ser especulador mas investidor para longo prazo.
    Abraços e obrigado,
    Luís Carlos

  8. 8 Anônimo

    Leitão,
    complementando meu último comentário, analisei o post da Ambev onde você afirma que ela não é interessante para investimento em valor, mas sim para IG. Por quê? Não consigo perceber a diferença. Se pretendo investir por um longo prazo devo ou não comprar ambev?? Se seus indicadores são ótimos, lucros crescentes, etc. por quê não comprar? Porque ela está cara? Quais são os parâmetros para se afirmar que ela está cara? Apenas pelo gráfico pode-se deduzir isso?
    Obrigado,
    Luís Carlos

  9. 9 Restituti

    Xiiiii Luis, você tá misturando tudo: investimento em valor e investimento gradual.

    Investimento em valor: vc aproveita uma queda considerável nos preços de uma empresa excelente e faz a compra.

    Investimento gradual: vc faz compras mensais de ações de uma carteira com excelentes empresas (escolhidas através de análise fundamentalista).

    A AMBV está cara no momento e não serve para valuation, mas para IG tanto faz o preço.

    Como diria o mestre: “esse espaço é muito pequeno para todos os detalhes, pequeno gafanhoto” (rsrsrs).

    Faça o curso do Leitão e vc vai entender cada pequeno detalhe. Estou acabando o curso e te digo: foi o melhor curso que já fiz em toda a minha vida (e olha que sou engenheiro e médico, heim)

    Abraço.

  10. 10 Leitão

    Oi Restituti!
    Puxa, obrigado pelo depoimento! Obrigado mesmo! Fiquei até sem jeito agora! :-)

    Obrigado também pela explicação ao Luis!

    Vou complementar então…

    —————————————–
    Oi Luis!
    Obrigado pelo interesse em meu curso! Fico contente pela confiança, e tenho certeza que vai gostar. Como é um trabalho pessoal, não comercial, que faço para os amigos, procuro mesmo fazer diferente e o melhor que posso…

    Vamos por partes então:

    1) Como o Restituti falou, Investimento Gradual e Investimento em Valor são estratégias diferentes, com formas de análise diferentes, com abordagens diferentes, com conceitos e fundamentos diferentes… Mas não excludentes. Na verdade, uma é base para a outra. Investimento Gradual fazemos sempre, e nos permite construção de patrimônio. Investimento em Valor fazemos depois, com o patrimônio já construído, para fazê-lo crescer exponencialmente.

    Vamos pegar o exemplo da Ambev.

    A Ambev é uma excelente empresa, bem gerida, constante, lucrativa. Passa pelo crivo da qualidade (veja que a qualidade de uma empresa está em seus fundamentos, e não em seu gráfico de preços… os preços no mercado pouco têm a ver com a qualidade de uma empresa).

    Depois que verificamos a qualidade de uma empresa, vamos ver qual ESTRATÉGIA vamos adotar com ela.

    Para Investimento Gradual, uma empresa pode ou não estar cara na bolsa, em sua cotação no mercado… Isso não importa, pois o que importa é sua acumulação ao longo dos anos, não só da empresa X, mas de todo o conjunto, da carteira. Vamos acumulando boas ações em carteira, de forma sistemática e equilibrada… (bom, o assunto é longo…)

    Para Investimento em Valor, aí sim devemos observar a relação Preço/Valor, pois a intenção é comprar boas ações a preços baixos, em maior quantidade de uma vez só. Veja que na estratégia anterior acumulamos gradualmente, e nesta fazemos aportes mais fortes e mais pontuais.

    Bem, os detalhes de cada estratégia, indicadores e tudo mais são muitos e não consigo explicar tudo por aqui… No curso explico tim-tim-por-tim-tim…

    Mais do que simples técnica, precisamos de um preparo emocional e uma boa base conceitual e filosófica, e é isso que faço diferente, isso que busco afixar nos alunos… Uma base conceitual, filosófica e emocional faz toda a diferença, pois matemática todo mundo aprende na escola primária.

    2) Sobre meu cardápio, é um conjunto de ações que uso para Especular e para Investir. Todas eu possuo em carteira pessoal, cada uma em sua Estratégia particular… O que publico são minhas análises e a discussão diária sobre elas, mas a Estratégia é coisa pessoal de cada um, e Operações não posso dar dicas… O blog é sempre com fim Educacional, e nunca Operacional.

    Algumas ações de meu cardápio estão boas para Investir, outras não, outras para Especular, outras não… Mas todas são as que uso no meu dia-a-dia real na bolsa….

    3) Um gráfico é extremamente útil para Especular, e também para sintetizar o mercado, para acompanhá-lo, e N coisas… Mas não usamos um gráfico diretamente para decidir Investimento. A questão barato ou caro passa pelos Fundamentos e pela Estratégia de investimento, que vai além do gráfico de preços.

    Aliás, sempre chamo a atenção para o fato de a maioria das pessoas darem atenção demais a apenas os gráficos de preços e gráficos de índices, e esqueceram de dar atenção às empresas…

    Quanto posto um gráfico sempre olho o comportamento psicológico de massa presente nele, e também os fundamentos por trás daquela empresa…

    Bem, o assunto é longo… mas espero ter ajudado um pouco.

    Quanto animar a vir para a turma vamos detalhar tudo isso…

    Grande abraço!
    Leitão

    PS.: O novo curso de Investimento em Valor terá como pré-requisito o curso de Investimento e Especulação atual… Sem o curso atual não é possível ensinar ou aprender Investimento em Valor de forma efetivamente eficaz. Para ser um bom Investidor em Valor é preciso ter a visão completa do universo da Especulação e do Investimento, coisa que ensino no curso atual.

  11. Cada post eh uma aula!!

    Muito bom estar sempre revendo e fortalecendo os conceitos!!

    Por isso eh legal que cheguem pessoas novas no blog!!

    Abraços!!!

  12. Meu comentário está meio atrasado, mas concordo plenamente.

    Ótimo post!

    Abcs, bons investimentos

  13. 13 Frederico

    Oi Leitão,
    queria a opinião de todos: se eu quiser me aposentar aos 45 anos, quanto vcs acham que devo ter acumulado para fazer retiradas de R$5000 por mês? Contando que vou viver até uns 90 anos…

  14. 14 Leitão

    Oi Frederico!

    Depende de quantos anos você tem agora (você não falou… rsss..).

    Mas a resposta é fácil:

    – Você deve poupar sempre: O MÁXIMO que puder.

    Para quem é solteiro, vive com os pais, etc… pode e deve poupar muito.
    Para quem é casado, tem família… talvez poupe menos, mas deve sempre poupar o máximo possível

    Cada pessoa tem uma realidade diferente, um estilo de vida diferente, uma visão de felicidade diferente.

    O importante é ser feliz… durante o caminho. Não se pode esperar para ser feliz somente após ficar com muito dinheiro… Tem que ser feliz durante a caminhada.

    Dá sim para poupar bastante sem se privar de viver com qualidade. Mas é preciso disciplina para evitar gastos desnecessários, supérfluos ou más escolhas… Aliás, más escolhas durante a vida causam muitos prejuízos… Acredite…. Se evitar más escolhas já vai ajudar muito… Não precisa nem acertar muito, evite Errar grave nas escolhas que fizer… Mas independente isso, faça! Quando mais jovem, mais devemos tentar e batalhar mesmo…

    Eduque-se financeiramente para pode fazer bons investimentos, e a bolsa de valores é bom lugar para potencializar isso…

    Um abraço!
    Leitão

  15. 15 Frederico

    Eu tenho 28 anos. Acho que na pergunta não faz diferença a idade que tenho agora. Queria saber um valor aproximado para fazer aquelas retiradas mensais a partir de 45 anos de idade e durante mais uns 45 anos..

  16. Frederico, neste caso vc precisa de 3 milhões. Mas se viver mais de 90? Claro considerei um investimento super conservador só cobrindo a inflação. Na verdade eu arredondei, dava para até 95 anos. Ou seja, da pra ser menos de acordo com a taxa de juros que conseguir ao longo destes anos.

  17. 17 FabioL

    Antonio Alves,

    Para uma retirada mensal de 5000 não é necessário 3 milhoes. Talvez você tenha feito a conta de usar 5000 p/ mes retirando desses 3 milhoes sem o valor estar investido.

    Frederico

    Você deve pensar em duas coisas. Uma é repor as perdas com a inflação no tempo. A outra é o rendimento real (acima da inflação). Esse rendimento real é o que você pode condiderar como rendimento a ser utilizado para retirada.

    Por exemplo: Há títulos do tesouro que pagam a inflação mais 5,5%+- de rendimento. Isso daria +-11 a 12% ao ano. Mas temos que descontar o IR (já que estamos falando de longo prazo, 15% de IR), o que daria um rendimento total de 9 a 10%. Descontando a inflação, sobraria uns 3 a 4% de rendimento real

    Vamos tratar de forma mais conservadora e considerar apenas 3% de rendimento real (o excedente vai para ajudar a cobrir a inflação, já que a medida do IPCA é meio “duvidosa”).

    Com um rendimento real de 3%, é só fazer a conta: (5000 * 12) % 0,03
    Então para uma retirada de 5000 mensais, sem que o montante principal seja corroído pela inflação, seria necessário ter investido um valor em torno de 2 milhões.

    Mas isso seria se você investisse somente em tesouro direto. No caso, você pode e deve diversificar com ações, e pode ter um rendimento superior, e talvez precisar de um montante menor.

  18. 18 Guto

    E a inflação? Acho complicado falar em valores para um período de tempo tão longo…será que qdo vc tiver 45 anos R$5000,00 mensais será suficiente para viver bem, com a qualidade de vida que vc deseja ter? A resposta do leitão é perfeita, vc deve economizar o máximo que pode sem se privar de ser feliz (felicidade é subjetivo). Boas decisões ao longo desse período faz toda a diferença também.

    Abs.

  19. 19 Daniel

    Mas o problema é vc ter 2 ou 3 milhoes em conta e viver uma vida de 5 mil por mes. Quem vai querer isso ? A sua esposa, seus filhos, sua familia vai entender e aceitar isso ? Não são coisas fáceis não.

  20. 20 FabioL

    Guto,

    Os cálculos já consideram a inflação. Ou seja, só daria pra tirar 5mil de 2 milhões justamente para os 2 milhões não perder valor no tempo. O restante do rendimento vai justamente para cobrir a inflação.

    A resposta que dei foi uma resposta objetiva (falando de valores) a uma pergunta simples: Quanto eu precisaria ter hoje para conseguir uma renda mensal de 5000 hoje?

    É óbvio que para chegar lá temos que economizar o máximo que pudermos sem se privar de ser feliz.

    Daniel,

    Como comentei antes, essa conta é extremamente conservadora. Ou seja, se baseia apenas em renda fixa. Com ações pode-se obter um rendimento maior.

    Outro detalhe: De forma simplista, os 5 mil seria limpo, sem se preocupar de reinvestir para cobrir a inflação (pois isso já estaria garantido pela outra parte da rentabilidade). Não acho pouco, sendo que nesse cenário “ninguem precisaria trabalhar”. O dinheiro gera dinheiro

    Mas é claro que o “ninguém precisa trabalhar” não é a realidade de quem atinge o objetivo da independência financeira. Certamente o marido e/ou esposa vai continuar trabalhando, com o que gosta, e terá uma renda adicional.

    Sobre o “ter 2 ou 3 milhoes em conta e viver uma vida de 5 mil por mes”, dá a impressão que vc acha que, porquê ele tem isso, que pode torrar como bem entender. O que for gasto acima do rendimento pós-inflação vai diminuir o valor do principal. Fazendo isso com frequência, logo, nem os 5mil será alcançado.

    Abs,

  21. 21 Leitão

    Oi pessoal!

    Obrigado pelas colocações! Muito pertinentes por sinal!

    Frederico, a turma já complementou bem a questão, e é por aí sim…

    Considere o efeito da inflação em suas contas, seu estilo de vida atual e futuro, e com pouca matemática se chega lá…

    Pouca matemática e muita disciplina.

    Precisará de bons investimentos. Ficar apenas na Renda Fixa não é suficiente. Aí entra a bolsa de valores para potencializar seu capital.

    Se for considerar HOJE, com menos de 2M você tem renda de 5K sim, se BEM geridos…. Observe o seguinte: Quanto menos gerenciamento, mais capital se faz necessário, e vice-versa.

    Eu, por exemplo, vivo hoje apenas de meus investimentos. É uma coisa muito boa, pois você tem sua liberdade. E com a liberdade você pode fazer muitas coisas, inclusive trabalhar nas coisas que gosta… Então, mesmo com sua independência financeira garantida, você ainda tem rendas extras… Ou seja, o difícil é chegar lá, mas depois que se chega a coisa flui muito naturalmente…

    Um abraço!
    Leitão

  22. Pessoal, é isso mesmo.
    Eu disse 3 milhões, pois o nosso amigo não falou a idade atual, o capital já adquirido, a disponibilidade dele em gerir … Só pra ilustrar, quem vive nos EUA ultimamente tá com taxa de juros do governo a taxas (reais) negativas… É pra pensar o que pode acontecer com os títulos do governo de qualquer país (inclusive o nosso). Eu já peguei mais de 13% + IPCA, mas agora está em 5,5 e caindo. Se não tiver o dinheiro agora…
    Por isso acho importante a bolsa de valores pois podemos nos proteger da inflação, escolhendo boas empresas e aproveitando as oportunidades. Concordo que com metade disso dá pra tirar isso! Mas tem que ter estratégia e disciplina (fazer o curso do Leitão é uma boa)!
    Abraços!

  23. 23 Anônimo

    Penso que a expressão “cansaram de perder” não seja fiel com a realidade. O que é possível sentir diariamente é que a dificuldade em montar operações está afastando investidores que preferrem prazos mais curtos.
    Muito poucos sistemas de negociação podem ser colocados em prática e ainda menos são os que se podem considerar lucrativos.

  24. 24 Leitão

    Oi “Anônimo”! (você esqueceu de dizer seu nome)

    Obrigado pela colocação!

    É isso mesmo, falando especificamente sobre Especulação, com a bolsa em baixa surgem menos oportunidades, principalmente quando se especula no mercado à vista comprado (que é a modalidade mais popular e menos arriscada).

    Algumas pessoas gostam de operar vendido, ou operar derivativos, ou mesmo daytrade, o que aumenta a oportunidade de especular mesmo como o mercado em baixa (mas neste caso já é opção para especuladores mais experientes).

    Já falando sobre Investimento, com bolsa em baixa aí é que surgem mais oportunidades…

    Um abraço!
    Leitão

  25. 25 Caredan

    Leitão,
    Peço desculpas pela falha de não ter colocado o nome.

    Mesmo em daytrade está difícil montar uma operação curtinha seja na modalidade comprada ou vendida sem ter de assumir muitos mais riscos e transformar investimento em jogatina.
    E para quem não gosta de operar micos então…

    Caredan


Participe! Deixe um comentário...

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s