Todas as crises são iguais…

05ago11

Ontem o amigo leitor, Juninho, postou aqui no Blog uma boa questão para o momento, então resolvi resgatar com post:

“Leitão, como iniciante na bolsa, venho acompanhando desde o ano passado seu blog e algumas outras informações. Gostaria de saber, de alguém experiente como você, se essa mesma tendência de queda apresenta bastante similaridade com a crise de 2008?

Até mais,
Juninho”

————————————————-

Oi Juninho!
Todas as crises são iguais, é sempre a mesma coisa.

Elas são compostas por duas coisas:

1) Um fator econômico/político/social qualquer que realmente é real, como um problema econômico, ou uma guerra, ou catástrofes, etc…

E…

2) Um fator emocional, puramente emocional mesmo, que pega o fator-1 e o multiplica por 10X fazendo assim com que os preços de bolsas fujam totalmente da lógica.

O fator-1 damos a devida atenção, observando nossas empresas, sua administração, o mercado em que estão inseridas. Tudo normal, como sempre fazemos ao analisar empresas e ações.

O fator-2 não podemos dar atenção, não podemos jamais nos deixar levar por ele. O emocional de massa torna tudo muito ilógico, e é o leigo comum no mercado de ações (a maioria) que fica perdido, agindo como um peixe no cardume, ou um búfalo em uma manada…

Assim sendo, a crise de hoje é igual à de 2008, que é igual à de 2002, e assim por diante.

Há sempre um fator de gatilho para disparar a boiada.

O fator de gatilho varia (pode ser crise sub-prime em 2008, ou crise de Internet em 2002, ou crise global em 2011, etc…). Mas como o capitalismo não acaba, depois que se resolve o fator de gatilho a lógica volta a reinar e os anos passam e as pessoas se esquecem do que aprenderam… E assim vai ser sempre… Talvez lá em 2016 venha outra, em 2020 outra… Faz parte da bolsa de valores isso.

E o Investidor de verdade sabe disso e está sempre pronto, seja na alta ou na baixa. Entra crise e sai crise ele está sempre sereno… Aliás, na baixa ele está mais feliz do que nunca, pois é quando pode comprar filé a preço de banana…

Um abraço!
Leitão

PS.: Clique na charge ao lado para ampliar…

Leia também…

> IBOV em 28-10-2008 – Histórico

> Histórico de posts de Outubro/2008 (bom para relembrar a crise de 2008)

> Aprenda a Investir com tranquilidade nas altas e nas baixas da Bolsa…



13 Responses to “Todas as crises são iguais…”

  1. 1 Silvio

    Olá Elitão,

    Acompanho o blog a algum tempo. Observo que existem 2 enfoque: especular e investir. Pelo que entendo, o momento é de investimento, pois tem ações com preço bem atrativo. Minha dúvida é sobre o uso do STOP. me parece que comprar ações neste momento com o objetivo de investir, não faz sentido usar STOP de baixa. Ou seja, é comprar e sentar em cima e aguardar a normalidade se estabelecer e quando vier aquela alta irracional (pois tanto baixas repentinas quanto altas são irracionais) vender.

    Você concorda?

  2. 2 Leitão

    Oi Silvio!
    Obrigado pelas visitas!

    Vamos ver alguns conceitos importantes, veja:

    Investimento e Especulação fazemos separadamente, e podemos fazer os dois sempre.

    E momentos de tendência de queda, as oportunidades de Especulação ficam menores, já as de Investimento são maiores.

    Ao fazer Investimentos, jamais usamos o conceito de Stop. Stop é somente em Especulações. Em Investimentos temos outras estratégias de proteção, como diversificação, diluição no tempo, rodízio, e principalmente, e número1, a seleção de empresas de qualidade através dos Fundamentos financeiros.

    Ao Investir, não “sentamos em cima” da ação e ficamos torcendo. Fazemos tudo de forma consciente, selecionando boas empresas, e comprando de forma sistemática, sempre verificando a manutenção da qualidade da empresa.

    Desta forma, estamos sempre comprando coisa boa e evitando comprar coisa ruim. Compramos coisa boa e barata e evitamos comprar coisa ruim e cara.

    É bem simples mesmo. Os economistas é que gostam de complicar tudo.

    Um abraço!
    Leitão

  3. 3 Sam

    Galera, vamos aproveitar p fazer agora o que “não deu p fazer” em 2008 hehe

  4. Fala Leitão,

    Rapaz, ta difícil ter q esperar o curso de IV sair…heuehuehu!!

    Qria tirar uma dúvida, em algum momento vc usa pivôs, de alta ou de baixa?? Vc gosta desse recurso??

    Eu sei q n devemos ficar tentando prever o fundo, temos q comprar pelo valor intrínseco da ação, e hj vi um artigo sobre o Benjamin Graham falando q ele usa um conceito conhecido como margem de seugrança, q, pelo q entendi, nos da uma margem para fazer a compra, dentro da qual n fará muita diferença se compramos a um determinado valor e a ação cai mais um pouco, eh isso?? Adianta alguma coisa ae pra gnt…hehehehh!!!

    Abs,

    Vinicius Barboza.

  5. 5 Leitão

    Oi Vinicius!
    Hehehe! Não se preocupe que o curso vai sair em boa hora…

    Os chamados “pivots de alta ou baixa” são uma forma diferente de falar zig-zag… Todo zig-zag dos movimentos de mercado são congestões de preço onde acontece um equilíbrio momentâneo entre a Oferta e a Procura. É uma leitura para Especulações…

    Já o conceito de “Margem de Segurança”, cunhado por Ben Graham, é assim: Primeiro calculamos o que seria o Valor Intrínseco para a ação, ou “Preço Justo”, que é uma forma de se ver o quanto uma ação vale realmente, diante do que ela gera de lucros, dividendos e crescimento. Toda empresa deve dar lucro e crescer, e então calculamos isso.

    Só que esse cálculo é bastante subjetivo, sujeito a muitas distorções, dependendo do método usado e da sensibilidade do analista. Como é sujeito a distorções subjetivas, Ben Graham nos diz que, ao chegar a um “preço justo”, devemos dar ainda 50% de desconto, para compensar as imperfeições nestes cálculos. Ou seja, se uma ação vale 20,00, então Ben Graham nos fala para comprar somente se ele cair para 10,00.

    Mas essa é uma forma grosseira de se fazer Investimento em Valor. Há formas mais inteligentes de se lidar com isso, e nem tão complicadas. Eu, particularmente, respeito muito tudo que Ben Graham ensinou, mas acrescentei conceitos mais elaborados e atuais…

    Bem, por aqui não consigo explicar tudo, mas em breve sai do forno o novo curso de IV…

    Um abraço!
    Leitão

  6. 6 Alberto

    Oi, Leitão!!!

    Então voce adota uma “margem de seguraça” menor que 50% de desconto, dependendo de algum outro indicador fundamentalista???
    Quais seria essa abordagem mais inteligentes ????
    Também estou interessado no curso de IV!!!!

    Um abraço!!!

    Alberto

  7. 7 Leitão

    Oi Alberto!
    Na verdade não. Eu uso um cálculo mais inteligente e mais ponderado, de forma que não é necessário dar desconto de 50%… O Desconto de 50% é admitir que suas contas são fracas.

    Não consigo explicar tudo por aqui, mas não demora muito vai sair o novo curso de IV. Tenho certeza que a turma vai gostar!

    Um abraço!
    Leitão

  8. Prof. Obrigada por dividir sua experiência conosco. Sempre falo que aqui é o meu oasis no meio desse mar de informações :-)

    Concordo com você. Todas as crises são iguais!

    Em 2008 eu ainda não tinha feito seu curso, meu dinheiro estava em fundo de investimentos e não pude aproveitar.

    Hoje já não sou mais tão sardinha, mas continuo com aquele frio na barriga enquanto a coisa lá fora tá pegando fogo.
    Incrivel como é a mente humana….hehehehehe É preciso muito exercício e doses altas de Simpsons pra não cair na armadilha do mercado rs.

    Esses dias fiz uma bela de uma besteira. Zerei minha RF comprei todas as ações do meu portifolio. Sei que não deveria ter feito isso, mas fiz. Fui gananciosa…pode brigar comigo ;-)

    Estou perdendo oportunidades incriveis porque comprei tudo numa cacetada só…Já pensei em vender meu carro…e talvez faça isso mais pra frente se o bicho pegar mesmo :-D
    Em compensação quando chega o dia das minhas compras mensais é só felicidade :-)

    É isso prof. Saudades de participar desse blog viu?
    O tempo tá curto com o trabalho na minha loja, mas vira e mexe apareço pra respirar um ar puro por aqui rs.

    beijão e bom fim de semana!

  9. Valeu Leitão pela explicação!!

    Agora uma pergunta sobre especulação!!

    Vc ensina no curso a especular comprado, mas com uma tendência de queda como a q ocorre agora, eu poderia misturar as estratégias e operar vendido?? Quais são os riscos de se operar vendido e como se faz isso??

    Abs,

    Vinicius.

  10. Leitão,

    Hoje eu tive um entendimento muito mais amplo da sua visão de mercado!!

    Recomendo a todos q vá no cardápio, clique em IBOV e abra todos os gráficos de IBOV q estão disponíveis, do primeiro lá em 2008, antes da crise de 2008, até agora!!!

    Isso vai te da uma visão muito ampla e te ajudar a entender o q o Leitão tenta nos passar!!!

    Compreendi o pq de ele sempre analisar o presente e as probabilidades do movimento dos preços, ao invés de tentar prever o q vai acontecer!!!
    Percebi q, se vc especula, tem q analisar tb o qnt determinada ação está afastada de sua linha de tendência, isso nos da uma ótima leitura de pra onde eh a maior probabilidade de ela ir!!! Entre outras coisas!!

    Antes da crise de 2008 e antes dessa ele já alertava, “la vem liquidação” e fica fácil entender o pq ao acompanhar todo o histórico!!!

    Valeu Leitão, cada vez aprendo mais aki no seu blog!!!

    Abs,

    Vinicius.

  11. Vinicius, é isso aí. Os gráficos são como farois que nos guiam na escuridão. Com estratégia é possivel especular e investir com muita tranquilidade.
    Que bom que está aprendendo, eu aprendi muuuito com o Leitão e tento passa este aprendizado para todos que conheço.

    Um forte abraço,
    Mônica

  12. 12 Leitão

    Oi Mônica!
    Sumida! Que bom que vez ou outra passa por aqui para dar um alô!

    Você anda fazendo artes heim! Juízo! Mas nem me preocupo pois você sabe os caminhos certos…

    Vê se não apronta e não se distancie demais dos bons conceitos de Estratégia heim!

    Obrigado pela carinhosa mensagem!

    Abração!
    Leitão

    ————————————
    Oi Vinicius!
    Obrigado! Eu gosto muito de manter esse espaço, e fico feliz mesmo quando vejo que ele está ajudando a mais pessoas!

    Eu já passei apuros no passado e é bom poder ajudar hoje em dia…

    Sobre sua pergunta: podemos sim aplicar as mesmas técnicas de Análise e de Estratégia para operar Vendido, basta imagina o gráfico de cabeça para baixo. Mas é Especulação, e exige um pouco mais de sangue-frio. Operar comprado já é bem emocionante, e Vendido é mais hard-core. O mercado passa mais tempo subindo do que caindo, então tem que fazer isso com muito juízo.

    Abraços!
    Leitão


  1. 1 Sobre chocolate e jiló | LEITÃO EM AÇÃO

Participe! Deixe um comentário...

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s