Usiminas – Distorções curiosas de mercado

29jun11

Olá, pessoal!

Hoje o amigo Humberto postou no Buteco dos Ex-Alunos (fórum dos ex-alunos) uma curiosidade sobre a situação atual da Usiminas e gostei tanto que resolvi resgatar como post aqui no Blog. Segue:

“Vejam que curioso…
As Usiminas sempre andaram juntas no tocante ao preço, ou seja, seus gráficos eram muito similares… E a diferença percentual das duas era muito pequena.

Acontece que, a partir do final do ano de 2010 as coisas começaram a mudar, vejamos (usei o gráfico semanal) as diferenças da USIM3 sobre a USIM5:

– em 27/09/10: USIM3 (22,98) e USIM5 (21,87) = +   5,1%
– em 01/10/10: USIM3 (26,19) e USIM5 (21,93) = + 19,4%
– em 26/11/10: USIM3 (22,50) e USIM5 (19,00) = + 18,4%
– em 04/02/11: USIM3 (25,48) e USIM5 (18,80) = + 35,5%
– em 25/03/11: USIM3 (29,30) e USIM5 (19,46) = + 50,6%
– em 06/05/11: USIM3 (23,82) e USIM5 (15,40) = + 54,7%
– em 28/06/11: USIM3 (23,88) e USIM5 (13,18) = + 81,2% (incrível, não? !!!)

… E aí? É, no mínimo, curiosa essa diferença, pois trata-se da mesma empresa. Eu não sei se essa diferença será para sempre. Particularmente acredito na convergência dos preços. Ou a USIM3 vai cair e se ajustar à diferença histórica, ou a USIM5 terá uma bela alta para diminuir a diferença entre ambas. Ou até mesmo acontecer os dois movimentos simultâneos.

O que EU acho que não deve acontecer é essa diferença de preço entre elas permanecer neste nível atual !!!
E aí, qual a opinião de vocês ???
Um grande abraço a todos e ótimos investimentos…

Humberto”

——————————————————

Sem entrar no mérito atual da Usiminas, vou pegar o gancho para discutir alguns conceitos…

Os movimentos de preço no mercado de ações são justificáveis basicamente por dois motivos:

1) O desempenho financeiro da companhia e;

2) O comportamento psicológico de massa do mercado.

Unindo os dois fatores, podemos nos proteger verificando como está a saúde financeira da empresa, e aproveitar momentos de distorções onde o mercado exagera para mais ou para menos sua percepção sobre isso; Ou, quando o mercado simplesmente ignora o financeiro da empresa, e move-se apenas pelo sentimento de massa (o que é a maioria das vezes).

Em geral, existem dois posicionamentos das pessoas no mercado quanto a isso:

1) A turma que fica alheia a isso e move-se junto com a massa (os sentimentos de ganância, medo e insegurança dominam a maioria);

2) A turma que entende esse comportamento, descola-se da massa, e tira proveito disso (a minoria).

Voltando ao caso específico da Usiminas, apesar de seu desempenho financeiro estar declinante, nada impede de se efetuar especulações. E para isso temos as especulações baseadas em Análise Gráfica, que se valem do comportamento psicológico de massa, e as especulações baseadas em Valor.

Ops! Ué, essa é nova! Especulações em Valor?

Sim! Uma outra face do tema Investimento em Valor… Mas essa já é outra história, que vou contar mais adiante…

Um abraço!
Leitão

Leia também…

> Vale a pena ver de novo

> Suporte, resistência e cerveja…

> Sobre as oscilações dos papéis…



23 Responses to “Usiminas – Distorções curiosas de mercado”

  1. 1 Daniel

    Neste caso em especial a especulação é com a condição de açõs com direito a voto (ON 3, controladores e poucos minoritários) e as sem direito a voto (PN 4, minoritarios em sua maioria). Provavelmente a Usiminas não deve possuir tag along (um dispositivo que garante aos minoritários o mesmo preço ou parecido se o controle da empresa for vendido), por isso descasamento de preços. Vai ver o mercado especula que pelos baixos resultados financeiros o controle da companhia pode ser vendido…

  2. 2 Leitão

    Oi Daniel!
    Sim! Isso mesmo! E várias outras questões envolvendo as ON e PN com muitos boatos e alguns fatos.

    Como disse, não vou entrar no mérito da empresa em questão. Esse caso levantei para evidenciar alguns conceitos e curiosidades…

    Um abraço!
    Leitão

  3. 3 Alberto

    Oi, Leitão!!!

    Esse boato da possível venda para CSNA, começou no final de 2010, na dúvida o sentimento de medo e o de ganância das massas prevalece!!!! e persiste até hoje !!!
    Não sei se você chegaram a ler a reportagem no estadão em que o presidente do USIM desmente a possibilidade de venda!!! e também comenta a atual situação do mercado de aço e tambem fala sobre briga interna no conselho de administração da USIM.

    um abraço!!!

    Alberto

  4. 4 Guilherme

    ESPECULAÇÃO NA CARA DURA, lavagem de dinheiro, é isso que acontece. O que foi criado não foi um sistema de sociedade anonima e sim de apostas, mas não anonimas, sabemos muito bem quem lava sua roupa suja aqui. O que acontece no caso em questão é que não é a empresa quem manda no preço do ativo, e sim seus respectivos “socios anonimos”, esses porventura tem o direito de ir e vir com seu capital da empresa quando bem entendem independente dos resultados que a mesma apresenta.
    FAÇAM SUAS APOSTASS!!

  5. 5 Leitão

    Oi Guilherme!

    A bolsa de valores tem seu lado Jogatina mesmo, e infelizmente a maioria das pessoas cai nesse lado. Encaram as negociações de ações de empresas não como ações de empresas, e sim como códigos de papéis que não sabem bem de onde vêm…

    Mas não precisa ser assim. Podemos ficar do lado certo, do lado do Investidor e/ou Especulador. Esses dois enxergam a bolsa não como cassino, e sim como máquina de capital, compostas por empresas que geram bens e serviços, e lucros…

    Sem entender essa questão fundamental, perde-se tempo e dinheiro com o lado cassino da bolsa. Eu também já passei por isso, e demorei a entender… Pensava que existiam pessoas “do mal” agindo na bolsa…

    Um abraço!
    Leitão

  6. 6 Guilherme

    Pode até existir um lado investidor, mas nada que se compara ao lado especulativo da bolsa. Não pessoas do mal que agem lá, são simplesmente pessoas com grana, MUITA grana.
    Vejo o lado investidor da coisa como se fossem as cartas da mesa de um jogo de poker, as vezes o jogo está bom, as vezes ruim, porém nunca se sabe o que o outro tem na mão. Não há como voltar atrás, é um sistema falido, não há como ganhar tempo na bolsa, apenas dinheiro, o tempo apenas se perde em mais um modo capitalista de se fazer moneyy$.

  7. 7 Leitão

    Oi Guilherme!

    Essas suas mensagens são muito importantes, e agradeço a sua participação aqui no Blog.

    Essa é a visão comum da maioria das pessoas, que infelizmente caem no lado jogatina da bolsa.

    Eu também já pensei assim.

    É verdade, existe mesmo muita gente com muita grana na bolsa, que fazem até chover. Mas tudo que acontece na bolsa é permitido pelas suas regras, pela sua dinâmica.

    Mas esse não é o único lado. Existe o lado certo, um jeito certo de olhar para a bolsa.

    Quando vamos em busca de informações sobre bolsa de valores, poucas são as fontes realmente boas de informação, apesar de abundantes os meios. Internet, Blog, Sites de corretoras, Palestras, Cursinhos, Livros, etc, etc… 90% é lixo, infelizmente!

    Quase todos os dias vejo anúncios como: “Ganhe muito dinheiro assim e assado!”, “Fique rico com nosso cursinho via DVD!”, “Participe da palestra XXX e aprenda o jogo da bolsa, vai ganhar com os Ursos!”, e outras aberrações… Digo e repito: 90% da “informação” educacional sobre bolsa de valores é lixo!

    Isso sem falar das discussões em Fóruns por aí, como Facebook, Orkut, etc, etc…

    Vez ou outra visito esses Fóruns para ver como andam as coisas. Nada muda! 99% de intoxicação-informacional… Todo mundo jogando, arriscando, brincando mesmo… É urso para cá, touro para lá, tacada assim e tal, chute para lá, etc….

    Justamente isso que me motiva a continuar aqui no Blog, tentando combater a má informação, e ajudar mais pessoas a ver a bolsa de outra forma.

    Veja mais:
    https://leitaoemacao.wordpress.com/2009/02/05/caverna-do-dragao/

    https://leitaoemacao.wordpress.com/2011/02/23/analises-embromation-2-em-video/

    Um abraço!
    Leitão

  8. 8 Glauco Tonello

    Leitão
    até a corretora que você tbm utiliza, agora tem o bullbroker…

    broker do touro…

    muita fantasia e pouco pé no chão.

    Abraços
    Glauco

  9. 9 Leitão

    Oi Glauco!
    Vixe! Pior que é mesmo!

    Em tempos de bolsa em baixa a clientela diminui e a criatividade aumenta.

    Muita novela alimentando o folclore da bolsa, e pouca boa educação sobre ela. Afinal, pessoas bem educadas para a bolsa de valores não são lucrativas para o sistema…

    Abraços!
    Leitão

  10. 10 Guilherme

    Entendo o que você quer explicar a todos leitão, só que explicar isso para o maior numero de pessoas com o menor numero de capital não adianta se quem realmente joga aqui são os grandes, nós só surfamos nas costas dos tubas, pq se ficar na frente é complicado. Na bolsa não existem regra nem dinamica, quem faz as regras é o dinheiro. Abro o book de um petr e vale e estão lá sempre os mesmos nomes impondo medo com seus kilos de papéis.. aonde está a regra nisso ? Não existe investidor porque aqui a negada não tem dinheiro para isso, quando alguém coloca capital na bolsa certamente será para fazer um resgate mais cedo ou mais tarde. E a empresa que contava com essa grana pra começar um novo empreendimento faz o que? Brigas de touros e ursos são piadas, afinal onde está o fundamento dessa empresa que valoriza e desvaloriza milhoes todos os dias?
    Gostaria de saber o que você opera leitão, daytrade, swing, MP, LP…
    Enfim, não vejo fundamentos para a bolsa ser algo relamente concreto em relação ao mercado, porque quem ganha dinheiro sem por a mão na massa, ou seja, que não é do setor primario, está de fato no cume da piramide social, sendo assim mais um peso para os que de fato trabalham nesse MUNDO.

  11. 11 JC

    Hum…abrindo um pouco um parêntese ‘e a visão sobre o ‘mundo das ações”…os ‘menores’ são os que além de trabalhar também, num emprego como qq outro e ganhar o suado dinheiro para o sustento do dia-a-dia, botam a mão na massa para aprender a investir em empresas sólidas, e isso o histórico deste blog mostra por si só. Num exemplo simplório, quem não tem digamos R$200.000,00 ‘no cacau’ para investir num negócio próprio (uma padaria no bairro onde mora a ‘servir as pessoas desta comunidade’ por exemplo), opta por investir R$ 500,00 todo mês em empresas sólidas que também estarão servindo produtos e serviços a sociedade na qual também todos consomem, seja pra sobreviverem, viverem ou esbanjarem…
    Emoções nativas é que estão nos extremos (euforia, ganância, medo e desespero), e é o que é tóxico, faz mal, seja no mercado de ações ou na vida real de cada um.
    Informações são apenas informações, o essencial são os ‘Princípios’!

    Sdçs.

  12. 12 JC

    Hehehe…voltando ao assunto da criatividade sendo explorada…concordo…tem umas que mudaram o nome (domínio do site) para “milionário.com.vc”…e apelaram até para numerologia no que se refere ao código da corretora na Bovespa…
    Tuuudo bobagem!
    E reduzir as tarifas que é bom, nada!
    Hehehehehe.

    Sdçs.

  13. 13 Anônimo

    JC
    Quero que você defina a palavra investir de um modo concreto, para que possamos vizualizar mesmo que mentalmente onde esses 500 reais investidos na tal empresa sólida foram parar.

  14. 14 Glauco Tonello

    BBAS3 valor por ação 27,xx lucro anul 4,30, por volta de 15% no ano.
    se pensar um pouco perceberá que qualquer parte dessa empresa terá no mínimo 15% de rendimento.
    mas vamos lá 6% de dividendos(perto da poupança) e 9% para reinvestimentos, ou seja crescer mais.
    se investir os 500 conto em 10 empresas parecidas(compraria parte delas), pequena tudo bem, mas que gera um lucro acima de 2 vezes a RF.

    abraço
    Glauco

  15. 15 Leitão

    Oi Guilherme!

    Na intenção de lhe ajudar, vou dizer: Você está com visão totalmente errada sobre a bolsa, e isso só vai lhe fazer perder 1) Tempo 2) Dinheiro 3) Ganhar Stress

    Acredito que aqui no blog você vai encontrar uma visão melhor, e tenho certeza que vai lhe ajudar. Para você que chegou a pouco tempo, veja essas dicas:
    https://leitaoemacao.wordpress.com/about/dicas/

    Sobre ser pequeno, na bolsa de valores não há problema. É justamente essa a grande vantagem do sistema de Sociedade Anônima. Qualquer pessoa, por menos que tenha de dinheiro, pode comprar um pedacinho de uma empresa, e tornar-se sócio dela, e receber com isso as mesmas vantagens de um sócio majoritário. Não há diferença entre um bilionário e um estagiário na bolsa.

    Um abraço!
    Leitão

  16. Oi Guilherme!

    Convido você a passar mais tempo junto com nós aqui no blog acompanhando o “Mestre” Letão, vai te fazer muito bem.

    Tira o final de semana pra dar uma lida nas postagens do tag “Filosofando” desde o inicio do blog (estou no meio do caminho já) que vai lhe esclarecer muita coisa e te abrir os olhos pra um lado que talvez nem pensava que existia.

    Fica a dica.

    Abraço!

  17. 17 Alex

    Leitão,

    Estou investindo na Bolsa a mais de um ano. No início queria fazer trades e saí tomando um “cano” violento. Depois disso me converti totalmente para o fundamentalismo.

    Comprei toda minha carteira em uma empresa só, que erro, mas por um preço muito próximo do VPA, 1,08, e com um L.P.A aproximado de 12% ao ano.

    Pretendo colocar mais um dinheiro, agora em outras empresa, e já identifiquei as empresas que vejo um bom retorno de L.P.A. Entretanto, uma de minhas grandes dúvidas é o quanto caro ou barato estarei pagando, ou seja, qual o fator aceitável no VPA. 2x, 1,5x, 2,5x o VPA da ação? Que configuração você considera bacana?

    Já entendi que o melhor é fazer compras progressiva para equilibrar a carteira, entretanto negócios bons merecem quantidades maiores de dinheiro.

    Forte Abraço!

  18. 18 Daniel

    Guilherme,
    Me parece que voce está querendo discutir a filosofia que tem por trás da bolsa. Na verdade isso não tem muito a ver com investimentos, mas pode ser interessante de se discutir também. Na minha opinião, na bolsa, temos basicamente dois mercados. O primário, onde as empresas abrem seu capital pela primeira vez e captam dinheiro diretamente da bolsa. É uma forma barata de se adquiir capital ao inves de se pegar empréstimos, a contrapartida é que o dono passa a ser não apenas o único dono. O mercado secundário, que é o maior, é a troca papeis entre pessoas, geralmente nada a ver com as empresas. Mas a questão é que a única razão de existir o mercado primário é termos o secundário também, para dar liquidez a ele, para as pessoas que compraram, se se arrependerem, poderem vender suas ações.
    Realmente, no capitalismo, poucas pessoas serão ricas, a grande minoria mesmo, talvez uns 3 a 5% no máximo. É da natureza do capitalismo, já que o sistema não aguentaria uma maioria rica, é impossível. Mas pode ter certeza que a única forma de ter uma vida financeiramente mais tranquila (para quem nao tem herança, não é empresário ou empreendedor, não ganha na mega sena) a única forma é comprando e acumulando ativos – sejam ações, imóveis de aluguel, títulos, etc.. – não há outra. Nâo que isso também seja a coisa mais importante da vida, há muitas outras, mas aqui é um blog de investimentos, principalmente em ações. Espero ter colaborado com as discussões. Abraços.

  19. 19 Daniel

    Só complementando. É evidente que geralmente quem tem mais bala na gulha (dinheiro) vai ter naturalmente uma vantagem em qualquer mercado. Não sei se voce conhece, mas toda cidade do interior têm seus grandes investidores em imóveis, que tem a maioria dos prédios alugados aos bancos ou a orgaos públicos, tem os que compram os imóveis em leilão, e sempre têm a fama de comprar mais barato. Na bolsa é mais ou menos a mesma coisa, há os grandes players que dominam também, mas nem por isso falta espaço ao pequeno investidor. Até porque todos, ou pelo menos a maioria dos que hoje são grandes, um dia foram pequenos e cresceram. Mas pode ter certeza que cresceram, comprando e acumulando.

  20. 20 Leitão

    Oi Daniel!
    Que beleza de comentário! Obrigado!
    Assim no baixo de tudo que comentou!

    —————————————————-
    Oi Alex!
    Pois é, nunca devemos concentrar muito capital em uma única empresa. É uma regra básica. Afinal, o mercado de ações nos permite a grande vantagem de termos não uma empresa, mas várias. Nos tornamos donos de várias empresas de qualidade… Coisa que para o empreendedor normal é impensável, mas para o Investidor em Bolsa é normal.

    Você está com as intenções certas, mas ainda precisa aprimorar. O assunto “carro/barato” vai bem mais além do simples P/VPA ou PL. Os indicadores são importantes, e basicamente passa por eles, mas é a Estratégia que mais pesa.

    São duas estratégias de sucesso: 1) Investimento Gradual e 2) Investimento em Valor

    Uma é base para a outra.

    Podemos ter sucesso apenas com a primeira. A segunda é opcional.

    E para fazer o que você quer, que é comprar grande volume em momentos favoráveis, é preciso da segunda estratégia, a Investimento em Valor.

    Dá vontade de escrever umas 10 páginas sobre o tema aqui, mas realmente não consigo. Vou conseguir explicar tudo sobre Investimento em Valor em breve, quando terminar de montar o novo curso que os amigos tanto pedem…

    Um abraço!
    Leitão
    PS.: Respondendo: Sobre a relação P/VPA, quanto mais próximo de 1X, melhor. Acima de 4X já fica ruim. Mas tem que olhar o Conjunto de indicadores, e o Histórico deles. Indicadores isoladamente não.

  21. 21 Alex

    Leitão,

    A questão de investir tudo em uma unica empresa, foi um erro que cometi e que tenho pleno conhecimento.

    Logicamente a análise de 2 indicadores é muito pouca, mas é a primeira coisa que me chama atenção em uma empresa. Se estou pagando pouco ágio, o lucro por ação dela é significativo, ela já entra no meu holl de análise. Após, acredito que seja interessante análises de liquidez seca, capacidade de geração de caixa, o quanto está individada e etc.

    Só para completar a sua resposta de 4x, eu já estava chorando em pagar mais de 2,5x hehehehhe.

    Forte Abraço!

  22. 22 Eduardo

    Daniel, gostei do que escreveu, e especialmente sobre o capitalismo, onde não é possível que todos sejam ricos. Filosofando sobre o assunto: parece mesmo que “ricos”, daqueles que nem precisem trabalhar de tão, nem todos podem ser, pois como o preço das coisas é uma característica mais psicológica do que real, definido pela oferta e procura, se, por exemplo, todos os brasileiros ganhassem 10mil por mês, no mínimo, imagino que um vendedor de cachorro quente que hj ganhe 1500 por mês teria que subir a sua margem, ou vender 6 ou 7x mais cachorros… Assim, ou simplesmente inflacionaria e o poder de compra dos 10mil não se sustentaria, ou aumentaria o ritmo de consumo do recursos naturais, num ritmo que o planeta provavelmente não suportaria a longo prazo – vide EUA.
    Nesta hipótese, a minha faxineira também ganha 10K. E aí, provavelmente ela iria trabalhar como diarista pra mim, pois sozinho não conseguiria pagar, e então a folga que tenho em casa hoje não seria mais a mesma.

    Dessa forma, acho que sempre terá o investidos que juntou tutu durante um bom tempo (ou herdou, mas neste caso é fácil perder – o que ao meu ver é uma reciclagem natural do $), e sempre terá os trabalhadores mais na base da pirâmide (claro, existem trabalhadores em toda a pirâmide!).

    O que não parece muito justo, mas usando a inteligência e deixando a preguiça de lado, qualquer um pode viver bem, QUERENDO se esforçar para isso, e obedecendo as regras da sociedade – roubar não vale, ainda acho que é o sistema menos injusto inventado até hoje.
    Para deixá-lo mais justo, a única forma é dar educação de boa qualidade a todos, e aí cada um se esforça o quanto quiser.

    Porém, mais importante que ser rico, é ser feliz, e pra isso o ter muito dinheiro não é garantia. Basta fazer o que gosta, ter alguns bons e verdadeiros amigos, ter um pouco de dinheiro pra lazer de vez em quando, e acima de tudo, saber se existe um motivo nobre de se passar alguns anos neste planeta!

    PS: entrei aqui pq fiz o curso do Leitão, e tenho ações da USIM5. hehehe… não sou louco não.
    PS2: caro mestre, avise quando tiver o novo curso! Abraço, seu Xará.
    PS3: muito bom, mas se eu comprar, não trabalho mais.

  23. 23 Paulo

    O que ocorre com a Usiminas é análogo ao que ocorre com a Telebras.

    Uma empresa que hoje não tem grande valor, mas que pode virar o jogo de uma hora pra outra, logo o controle da ação ON é importante.


Participe! Deixe um comentário...

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s