Como medir o desempenho de minha carteira de ações

09set10

Outro dia o amigo leitor, Ploko, fez uma pergunta interessante:

“Caro Leitão,

Acredito que vc acompanhe a rentabilidade da sua carteira de ações, então, pergunto se vc tem conseguido “bater” o IBOV por exemplo, ou algum outro índice que vc use…

Tendo só empresas boas na carteira, imagino que isso não seja difícil de conseguir, pelo contrário, deve ser uma obrigação, considerando que no índice do IBOV temos muitas “porcarias”.

Abraço
Ploko”

———————————————

Oi Ploko!

Realmente! No índice IBOV tem muita ação ruim. Mas vai além disso: comparação nua e cura com o índice IBOV é traiçoeira. Quem faz isso sem uma analise mais acurada corre o risco de achar que está “perdendo” para o índice.

Veja:

O índice é sempre “comprado”, cheio. Por exemplo: Digamos que ao olhar a rentabilidade do IBOV no ano 20XX ele tenha fechado em dezembro com 20% de alta em relação a janeiro (ou seja, 100 empresas compradas em janeiro e as mesmas 100 empresas olhadas em dezembro).

Já nossa carteira não, ela sofre compras e eventuais vendas ao longo do período. Então não podemos simplesmente fazer essa comparação. Exemplo: Ao longo do ano até dezembro minha carteira sofreu vários incrementos, e isso fez a média da carteira ser alterada.

O ideal é não fazer comparação com o IBOV, e sim com a Renda Fixa, com a Inflação e com você mesmo.

Com a renda fixa: Nossa obrigação como investidores é fazer mais que a Renda Fixa, senão não faz sentido nosso trabalho. Se você conseguir o dobro da renda fixa já é um vencedor!

Com a Inflação: Nossa obrigação é superar a inflação, e até mesmo a nossa Inflação Pessoal, ou seja, levando em conta seu estilo de vida. Superar a inflação é obrigação ao se lidar com ações. E olha que não é fácil! A Inflação é uma traça silenciosa e traiçoeira, que geralmente come a rentabilidade de quem fica só na Renda Fixa.

Com você mesmo: tomar o cuidado de congelar cada momento de sua carteira, e comparar o seu desempenho atual com o desempenho passado. Sua obrigação é de manter seu bom desempenho histórico e se possível melhorá-lo.

Ah! E claro, desempenho é coisa de se olhar em escala de anos, e não de meses ou dias. Se ficar olhando sua carteira todo dia e toda semana, vai ficar zonzo com o zig-zag da bolsa, que é normal.

Agora, respondendo. Sim, tenho tido desempenho superior ao da Renda Fixa e também superior à média do mercado.

Um abraço!
Leitão

Leia também…

> Diferença entre o Papel e a Empresa…

> Caverna do Dragão

> Ações – As Excelentes, as Péssimas, as Outras…



10 Responses to “Como medir o desempenho de minha carteira de ações”

  1. 1 Daniel Quireza

    Bom dia, Leitão e .galera ! Para medir a rentabilidade de minha carteira eu monto um fluxo de caixa mensal no ecxel com os valores de aportes (+) e retiradas (-) à bolsa e com o valor atual da carteira por último (-). E calculo a Taxa de retorno interna (TIR), chegando-se à rentabelidade mensal ponderada. Esse valor da pra comparar com a renda fixa, poupança – se ao invés de aplicar na bolsa, eu aplicasse nesses outros investimentos – justamente porque é renda fixa ou próxima de fixa mas não dá pra comparar com o Ibovespa. Em todo caso, com isso eu meço a rentabilidade de minha carteira como um todo, ainda não tenho um método para medir a rentabilidade anual ou mensal. Talvez procedendo da mesma forma mas separando mes e ano. Como vcs fazem ? Obrigado. Abraços !!

  2. 2 Ploko

    Olá Leitão,

    Legal ver minha pergunta como post!! :-)
    Sempre é bom saber que uma dúvida minha pode ajudar os demais.

    Abraço,

    Caro Daniel,

    Tbém contabilizo minha carteira mensalmente de forma bem parecida com a sua. Já para saber as rentabilidades acumuladas, como a anual, e até maiores, eu pego as rentabilidades de cada mês obtidas na planilha, e encima delas extrapolo para o prazo que desejar.

    Abraço

  3. 3 Mauro

    Eu tinha muitas dificuldades no inicio,passei por uns problemas de achar q estava lucrando na venda e então percebia que a corretagem e outras taxas acabavam com qualquer lucro (mico de iniciante rsrs), passei algum tempo montando uma planilha no excel com todas as taxas,corretagem,emolumentos,tx liquidação,custodia etc… é uma planilha para quem opera day-trade,swing-trade e o calculo é exato,tenho total visão de quanto estou pagando de taxas e de quanto estou lucrando…acredito q o primeiro passo para quem quer trabalhar com ações seja montar uma planilha de controle das operações.

    Mauro

  4. 4 T3

    Todo mundo tem que fazer?

    Eu to nessa fase, mas queria reaproveitar o trabalho de alguém (talvez adaptando alguma coisa).

    Quem quer mandar pra mim? =)

  5. 5 Terrivel

    T3, ow eu tenho uma planilha legal, vc podera adaptar ela ao seu modo e de acordo com as taxas da sua corretora, criei ela para uso pessoal e vem funcionando muito bem, me add aí gilmaster2004@hotmail.com q te envio blz

    Terrivel

  6. Lendo verifiquei que estou nessa tambem, se alguem puder mandar um modelo da planilha desde já obrigado.
    claudio wilson

  7. 7 T3

    Oi Terrivel,

    Te adicionei.

    Estou agora precisando controlar o “longo prazo”. Tipo: como acompanhar mensalmente todos os diferentes investimentos feitos, com entradas e saídas de aporte, etc. E ter uma visão real da coisa.

    Valeu,
    T3

  8. 8 Aurelio Sarmento

    Pessoal,

    Quem quiser contribuir comigo com a planilha meu e-mail é aureliosarmento@hotmail.com

    abraços e sucesso para todos.

  9. Legal o Blog, mas realmente esse post não responde ao que se propõe… Afinal, como fazer o controle da carteira? Vi uma vez umas planilhas interessantes no Blog do Henrique Carvalho, mas achei um pouco trabalhosas demais… Sei que não tenho prejuízos, pois só vendo com lucro, mas meu controle ainda é grosseiro.

  10. 10 Leitão

    Oi Daniel!
    Obrigado pelas visitas, pode ficar sempre à vontade…

    Costumo deixar uma dicas para quem chega recente ao Blog, talvez ainda não tenha visto:
    https://leitaoemacao.wordpress.com/about/dicas/

    O objetivo desse post não foi passar planilhas prontas ou receitas-de-bolo diretas sobre como fazer uma planilha pessoal. Isso não funciona. Não adianta fazer planilhas sem entender o que é Investir de verdade. Por isso o objetivo maior do Blog é elevar o nível educacional dos amigos sobre o tema Bolsa.

    O objetivo do post foi discutir conceitos, dar alertas e dicas de erros que devemos evitar…

    Aqui no Blog você encontrar muito conteúdo que, tenho certeza, vai lhe ajudar muito a ir amadurecendo no tema…

    Veja um artigo relacionado:
    https://leitaoemacao.wordpress.com/2013/10/09/voce-sabe-exatamente-como-anda-o-desempenho-de-sua-carteira-de-acoes/

    E muitos outros:
    https://leitaoemacao.wordpress.com/category/filosofando/melhores-artigos/

    Um abraço!
    Leitão


Participe! Deixe um comentário...

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s