O Camelô de Ações

12nov08

Meu amigo Flávio, visitante do blog, usou uma analogia muito interessante em um de seus comentários, que transcrevo logo abaixo:

“Não sou investidor. Sou camelô. Compro por um preço, coloco na prateleira, espero o cliente passar e vendo mais caro (margem). Se o mercado estiver ruim, dou desconto. É um comércio como outro qualquer. E espero que os compradores fiquem felizes com o que comprarem de mim (satisfação pós-venda).”

Achei super franca sua descrição de como encara o mercado. Ele sabe exatamente o que está fazendo.

Alguns compram ações do camelô para consumo próprio. Compram e tomam posse. Adicionam ao seu patrimônio. Esses são os Investidores.

Outros compram ações do camelô para revenda. Ficam somente o tempo necessário para negociá-las novamente, na intenção de auferir lucro nesta transação. São negociantes assim como o camelô. Esses são os Especuladores.

Outros ainda, compram ações do camelô para arriscar a sorte. Passam em frente à sua banca de ações e fazem uma fezinha. Esses são os Jogadores.

Outros também, compram ações do camelô porque acharam interessante e querem fazer parte da festa. Compram, levam pra casa, e ficam assistindo o jogo… Esses são os Torcedores.

Outros compram ações do camelô por puro impulso. Passam em frente à sua banca de ações, acham bonitinhas, e levam pra casa. Depois não sabem bem o que fazer com elas. Acontece muito com roupas, sapatos… Esses são os Incautos (ia usar outro adjetivo, mas achei melhor deixar por isso mesmo).

E você? Quem é? Investidor, Especulador, Jogador, Torcedor ou Incauto. Seja honesto! Não minta para você mesmo…

Abraços,
Leitão



15 Responses to “O Camelô de Ações”

  1. 1 Fernando

    To com o Flavio ein… com uma banqunha ao lado da dele
    ____
    Camelô com certeza

  2. 2 Beckno

    É… os gringos se foram e os vendedores do Mercado Livre aproveitaram pra dominar a Bovespa. Terminam o dia extremamente felizes por terem ganho R$100 ou em torno disso. Que voltem os gringos para expulsarem à chicotadas esses fanfarrões do mercado.

  3. 3 Leitão

    É Beckno, a dependência dos investidores extrangeiros ainda é muito grande. Talvez a próxima geração de brasileiros se interesse mais pela bolsa… seria uma verdadeira revolução cultural em matéria de educação financeira.

    Abraços!
    Leitão

  4. 4 Elton

    Comecei como Investidor Incauto. Passei para jogador incauto. Depois fui para especulador incauto. Após me ferrar um pouco, virei torcedor. Hoje sou praticamente um espectador… esperando alguns momentos para virar especulador ou investidor de novo… mas, desta vez, menos incauto e mais paciente e experiente.

  5. 5 Leitão

    Olá, Elton!

    Obrigado pelo relato.

    Penso que ter ficado como espectador foi uma coisa boa. Agora você pode usar esse tempo para estudar. E os erros cometidos vão ser a maior lição prática. Você está tendo o privilégio de vivenciar uma grande queda. Essa lição só se aprende na prática mesmo.

    Quando você voltar à ativa, vai estar muito mais preparado. Depois de vivenciar uma grande queda, o resto é fichinha… :-)

    Abraço!
    Leitão

  6. 6 vanderlei

    Leitão e agora que a bolsa está nessa maré eu devo continuar aplicando aos poucos ou esperar dar uma estabilizada? qual é a regra?

  7. 7 Leitão

    Oi Vanderlei!

    Não podemos agir de acordo com o mercado. Não é o mercado que dita as regras, somos nós!

    Não podemos ficar: “Se o mercado cair eu acho que vou fazer isso”; “Se o mercado subir e agora, o que faço?”; “Vixe, o mercado caiu e agora o que vou fazer?”

    Isso é fazer o jogo do mercado. Passa longe de Investimento e Especulação.

    Em Investimento e Especulação, a gente não se preocupa com o mercado… Venha o que vier já sabemos o que fazer, antecipado. E não depois que o mercado já caiu…

    No curso explico isso em detalhes… é um alívio… mercado de ações fica tranquilo igual passear no parque com duas tartarugas.. :-)

    Abraço!
    Leitão

  8. 8 Joseval

    Parabéns pelos comentários.

  9. 9 Eduardo Vilela

    Oi Leitão, achei seu blog hoje e estou muito interessado, e assim, como um exemplo prático das teorias que você menciona, você poderia descrever qual foi o comportamento de seus investimentos no início e durante a atual crise internacional? Se possível, diga o fato e a sua (Leitão) interpretação – exemplo: tinha 15% de acoes da ABCZ1, e aconteceu com ela tal, e eu fiz tal… Imagino que estou sendo muito simplista, mas creio que você consegue passar a noção do que fez. Obs: sou novato, novato. Li dois livros de um tal de PIAZZA, ou coisa parecida, e só. Comprei minha primeira ação alguns dias atrás, mas gosto de saber onde piso, por isso estou estudando o assunto – porém como alguem já disse, tem muita confusão.

  10. 10 Eduardo Vilela

    PS: Acho agi como novato, e comprei ARACRUZ…

  11. 11 Leitão

    Oi Eduardo!
    Seja bem vindo à nossa cozinha! Fique sempre à vontade por aqui!

    Bem, seu caso é bem comum mesmo. Também já passei por tudo isso…

    Bolsa é uma coisa muito boa, mas a poluição mental e falta de boa educação sobre o assunto é um grande problema mesmo.

    Recentemente escrevi sobre isso:
    https://leitaoemacao.wordpress.com/2009/02/05/caverna-do-dragao/

    Bem, sobre seu pedido, falo sim: Durante a crise eu fiquei rindo à toa! Quanto mais caia, mais eu ficava feliz!! Verdade, veja:
    https://leitaoemacao.wordpress.com/2008/10/06/igual-pinto-no-lixo/

    Foi a época em que mais lucrei com a bolsa, pois cada vez mais comprava excelentes empresas a preço de banana…

    Parece estranho, mas é o correto! Mas como a maioria das pessoas não tem muita nocão, não entendem os verdadeiros mecanismos da bolsa de valores (seja aqui no Brasil ou em qualquer lugar no mundo).

    Um Especulador ou Investidor fica sempre feliz, seja quando sobe ou quando desce!
    Veja:
    https://leitaoemacao.wordpress.com/2008/12/07/aqui-o-trem-e-diferente/

    Só os Jogadores é que ficam estressando, preocupados com crise, quedas, etc… e o contrário, felizes e eufóricos com as grandes altas…

    Falando assim, parece que é complicado. Mas não é! Nós adultos é que gostamos de complicar tudo. Na verdade, se eu sentar com uma criança de 10 anos por umas 02 horas, ela é capaz de fazer melhores investimentos do que um economista recem formado. (Vixe! Será que exagerei? Pior que não… Pode ser um exemplo meio radical, mas é mais ou menos isso).

    Grande abraço!
    Leitão


  1. 1 Diferença entre Análise Gráfica e Análise Técnica « LEITÃO EM AÇÃO
  2. 2 Sobre Robôs Investidores e outras tolices « LEITÃO EM AÇÃO
  3. 3 Ave de Rapina | LEITÃO EM AÇÃO
  4. 4 Investir é bossa nova, Especular é carnaval. | LEITÃO EM AÇÃO

Participe! Deixe um comentário...

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s